A fuga dos eleitores

2010 está sendo um ano bem interessante para a política, em diversos aspéctos. Teve a discussão sobre o projeto “Ficha Limpa”, a maioria dos governadores se elegeram, ou reelegeram, logo no primeiro turno, uma candidata com fraco passado político foi eleita com o apoio do presidente Lula (PT), a situação nunca havia conseguido uma representatividade tão grande, alguns caciques políticos ficaram de fora do governo, enfim, foi um bocado agitado.

Mas nada surpreendeu mais, pelo menos a mim, do que o número de abstenções e votos brancos e nulos nessas eleições. E os motivos para isso são diversos: nomes políticos fracos concorrendo a presidência, o segundo turno ocorrendo em meio a um feriado prolongado, a indignação do eleitorado quanto a falta de caracter de alguns governantes e por aí vai. Analisemos os mais importantes.

Nesse ano, o país contou com 135.804.433 eleitores, divididos em 400.001 seções eleitorais. Desses, no primeiro turno, 111.193.747 compareceram as urnas, enquanto 24.610.296 se absteram ou justificaram a falta, 18,12% do total. É quase a soma da população do Estado de Minas, Acre e Amapá.

10.813.682 votos nulos, somando os turnos

Vamos continuar com os números para presidente: Dos que compareceram, 3.479.340 votaram em branco e 6.124.254 votaram nulo, ou seja, ao todo, 34.213.890 de pessoas não votaram para presidente, 25,19% do total. Para se ter uma ideia, o segundo candidato, José Serra (PSDB), teve mais de 1 milhão de votos a menos. Estamos falando de um número de pessoas quase tão grande quanto a soma da população do Estado de Minas e Rio. Falo do segundo e terceiro Estados mais populosos do Brasil. Assustou? Isso porque ainda não falei de como foi o segundo turno.

No segundo round, obviamente tivemos o mesmo número de eleitores, porém a abstenção foi maior: 29.197.152, 21,50% do total. E daqueles que foram: 2.452.597 votaram em branco e 4.689.428 anularam o voto. Somando: 36.339.177 de eleitores resolveram não se envolver na escolha do presidente. Um aumento de 2.125.287 eleitores. Ou seja, no segundo turno, 26,75% deixaram de opinar sobre o próximo presidente da república.

A motivação para isso talvez esteja dentro da própria política. Ao invés de instigar o espírito de participação por mudança, os sucessivos escândalos envolvendo representantes públicos parecem ter expulsado os brasileiros dos eventos políticos, principalmente das discussões eleitorais.

Nunca houve tanta abstenção em um ano eleitoral

O fenômeno Marina certamente diminuiu a abstenção no primeiro turno

Só para ajudar o descaso, não houve um nome político forte para presidência – José Serra (PSDB), é forte apenas em SP e nos Estados do Sul -. Além disso, o presidente mais popular das últimas décadas está de saída do Palácio da Alvorada. E sua sucessora não é uma figura destacada no cenário nacional, pelo menos por enquanto.

Para completar, a discussão presidencial não passou de um bocado de propostas rasas e trocas de “gentilezas”. O que tornou o ambiente propício para a aparição do fenômeno Marina Silva (PV), cuja votação expressiva levou as eleições para o segundo turno. Sem a presença de Marina no segundo round, o número de abstenções só fez crescer.

Além disso, movimentos pelo Voto Nulo crescem pelo país, tentando mostrar a indignação do povo quanto a política, criando assim uma espécie de caos eleitoral. Será que é esse o caminho?

O fato é que o expressivo número de abstenções e de votos brancos e anulados assusta, e nos colocam para pensar sobre o nosso sistema político e eleitoral. Mas de fato, tudo isso é culpa dos próprios dirigentes políticos, e no final, o voto é a melhor forma de expressão do povo brasileiro. Seja ele válido ou não.

 

Será que esqueceram o caminho para as urnas?

 

Linkpédia:

TSE – Tribunal Superior Eleitoral

Movimento Voto Nulo

Voto nulo

Votar nulo pode anular uma eleição?

Anúncios

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: