O Dólar não Morreu

Não é novidade para ninguém que a economia americana vai mal das pernas. Também era de se esperar que a maior economia liberal do mundo iria atacar com alguma intervenção estatal para poder equilibrar sua situação cambial. E foi isso que eles fizeram.

E para não demorar muito, o FED (Federal Reserve, o Banco Central dos EUA), anunciou que comprará US$ 600 Bilhões em títulos públicos até metade de 2011, melhorando a liquidez do mercado e aumentando a quantidade de crédito para consumidores e empresas. Uma tentativa para impulsionar a economia e tirar, de uma vez por todas, o pé da lama.Os índices norte americanos apontavam para essa tomada de medidas: taxa de inflação abaixo de 2%. Taxa de desemprego elevada, cerca de 9% sem projeção de diminuição para os próximos meses. Isso com uma taxa básica de juros de 0,25%.

 

Ele terá que convencer o G20 de qual é a "menos pior" decisão para o mundo

Tudo mostrava uma melhora, bem lenta, é verdade, mas já era algo positivo. A próxima medida do FED deveria esquentar o mercado para produzir empregos e aumentar o consumo, impulsionando, de uma vez por todas, a economia. Na situação atual com um consumo reduzido, devido ao aumento do desemprego, a inflação se mantém baixa, ou seja, qualquer medida que culmine no aumento dos preços não seria algo negativo, já que o índice está perigosamente pequeno.

Então a ideia foi simples, tirar os títulos da dívida pública que estão nas mãos dos bancos e injetar dinheiro líquido e limpo diretamente nos cofres daqueles que são os maiores responsáveis pelo crédito Norte Americano, os próprios bancos. Entenda, o governo dos EUA, eternamente liberal, está “dando” dinheiro para os bancos para esses repassarem, à juros mais baixos, é claro, crédito para o consumidor físico e jurídico. Todo mundo ganha! Com o crescimento do crédito a população gasta mais, geram-se mais empregos, a indústria produz mais e, consequentemente, voltamos a rodar o grande moinho da economia norte americana.

O efeito colateral de tudo isso é o enfraquecimento do dólar frente as outras moedas, o que apenas acentua uma tendência global que se delimitou desde o começo do ano. Afinal de contas, são US$ 600 bilhões de dólares no mercado, não é pouca coisa.

 

Preste atenção nesse prédio. É lá que nossa vida é decidida!

Para os norte americanos não poderia haver decisão melhor, para nós, reles mortais desafortunados por nascer em um país subdesenvolvido, teremos que sofrer um bocado por causa disso. Com o sucessivo enfraquecimento do dólar, os país exportadores por definição, principalmente os de insumos agrários, como o nosso Brasil, irão começar a perder espaço para os produtos “made in usa”. Inclusive os da já toda poderosa China.

Mas, como tudo na economia é uma faca de dois gumes. O enfraquecimento da economia dos EUA não é bom para ninguém, todos perdem com isso. Porém também perdemos quando eles tentam se revitalizar. Resta saber em qual situação perdemos menos.

E é para discutir isso que o G20 – Grupo dos 20 maiores países em desenvolvimento, liderado pelos BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China) -. Irá discutir os possíveis resultados dessa política norte americana. Em outras palavras, eles tentarão achar um meio de fazer a economia dos EUA se normalizar sem que isso destrua o desequilíbrio dos outros países. Mais emoções nos próximos dias!

 

 

O lado bom é que viajar e comprar importados está mais barato!

Linkpédia:

Fed vai comprar mais US$ 600 bilhões em títulos públicos
Entenda a chamada ‘guerra cambial’
Obama pede que líderes do G20 façam sua parte
Evans: Fed deveria fomentar inflação temporariamente

Anúncios

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: